Bolo de Banana Caramelada da Mãe do Katsuki

Eu acompanho o blog do Katsuki acho que há mais de 10 anos. Engraçado que de tanto ler suas resenhas gastronômicas de bares e restaurantes, ver fotos das gordices na casa de sua mãe, parece até que eu conheço ele pessoalmente, como se fosse, se não amigo, um colega de anos. Isso acontece na minha cabeça com várias outras pessoas que sigo pela internet e sua fauna e flora de mídias sociais; adoro tomar #cafecominstagram em #morningslikethis. Acompanhar as filhas da Joycrescendo. Ou as galinhas da Molly crescendo. Me emocionei quando ela se casou, assim como quando a Beth se apaixonou. Comemorei quando o restaurante da Mimi finalmente abriu, assim como quando Summer conseguiu um emprego novo.

Este final de semana prolongado, por conta do feriado, passei num retiro de meditação e silêncio, sentada, de olhos fechados, na mais absoluta e completa quietude. A verdade é que, para mim, tudo isso é fácil. O difícil é ter de me relacionar com as pessoas. Talvez seja por isso que acompanhar a vida de estranhos, no mundo virtual, me agrade tanto; eu fico cá com meus botões, dando risadas ou me emocionando, imaginando as histórias na minha cabeça, e às vezes até de como seria uma conversa na vida real com eles. Não há decepções, nem cobranças. Ou talvez seja apenas insanidade da minha cabeça, eu seja uma pessoa esquisita, e esteja precisando sair da minha antissociabilidade.

Enquanto isso não acontece, de volta para o blog, esse bolo é uma receita da mãe do Katsuki, publicada, segundo ele, na tentativa de diminuir as chances de sequestro que ela tem sofrido por conta dos quitutes que ela faz… 😂 😂 Eu testei meia receita e fiz algumas adaptações como caramelo com açúcar mascavo, usar canela e baunilha e utilizar menos açúcar na receita. Bolos de banana para mim são como abrir aqueles pacotes de álbum de figurinhas, você nunca sabe o que esperar, pois, ou são demasiadamente bons, ou deixam a desejar por falta de calda, massa ressecada, muita ou pouca banana. Esse aqui é de longe um dos melhores que já provei (talvez o melhor), impecável no sabor e na textura. O bolo ficou tão bom que ele só durou durante a sessão de fotos que fiz. Me arrependi de ter feito meia, e agora estou indo lá fazer uma dobrada.

Bolo de Banana Caramelizada | receita adaptada da mãe do Marcelo Katsuki

  • 05 bananas maduras
  • 01 xícara de açúcar mascavo
  • 02 ovos caipiras
  • 150g de manteiga sem sal meio amolecida
  • ½ xícara de açúcar demerara
  • ½ xícara de leite
  • 25g de queijo ralado parmesão
  • 1 e ½ xícara de farinha de trigo
  • ½ colher de sopa de fermento em pó
  • 1 colher de chá de extrato de baunilha
  • canela em pó

Despeje o açúcar mascavo na própria fôrma e leve para aquecer no fogão para derretê-lo, em fogo médio baixo, tomando cuidado para não queimar. Quando estiver derretido, coloque algumas colheres de água, (com bastante cuidado!). Ele vai borbulhar e endurecer um pouco, então, deixe fervendo até derreter o açúcar empedrado. Coloque as bananas cortadas em fatias sobre a fôrma com caramelo. Salpique a canela em pó e reserve.

Separe as claras da gema e bata as claras em neve. Num outro recipiente bata a manteiga com o açúcar até virar um creme. Junte as gemas, o leite, o queijo ralado, o extrato de baunilha e, por fim, a farinha de trigo com o fermento. Junte as claras em neve, incorporando-as suavemente.

Coloque sobre as bananas a massa do bolo. Se quiser, coloque mais uns pedaços misturados na massa. Leve ao forno aquecido e asse em 250 graus por 10 minutos e depois diminua a temperatura para 180 graus e asse por mais 40 minutos. Desenforme ainda quente, pois o caramelo vai estar derretido e fica mais fácil. Salpique mais canela se desejar. Faça mais calda para acompanhar, se gostar também.