Pavê de bolo de chocolate

Das receitas que tenho vontade de fazer (e acertar), no topo da minha lista está o bolo red velvet. A massa vermelho rubi, com cobertura branca. Só que minha vontade constitui fazê-la sem corantes sintéticos ou artificiais, com a cor da beterraba mesmo. Busquei receitas pela internet, explicações sobre o ph, alcalinidade, vinagre de arroz, cacau em pó sem lavagem, trigo orgânico - sem tingimento químico que acaba conferindo alcalinidade à farinha. 

IMG_2034.jpg

Não sei você, mas tenho uma dificuldade enorme de seguir receitas à risca. Seja pela quantidade que nunca acho suficiente, ou acho sempre que leva açúcar demais. Quero fazer em fôrma quadrada com camadas, quando a receita aconselha em forma redonda desmontável. Trocar o licor por chá, fruta por chocolate, e assim vamos. Às vezes, tenho sucesso e as adaptações acertam o paladar em cheio. 

Outras vezes, as mudanças se mostram equivocadas elevadas à quinta potência, como foi o caso da minha tentativa de fazer um red velvet "autêntico". Quis mudar a receita original, usei óleo ao invés de manteiga, quis fazer 1/2 receita a mais, e no final, por conta da massa mais líquida que eu esperava, decidi optar por uma fôrma maior e não desmontável. Escolhi uma daquelas nórdicas, cheias de curvas, que só com mandinga e reza braba para desenformar um bolo nela, quando feita à base de óleo vegetal.

Ao final, a massa daquela p$%&*#, não ficou vermelha. Terminei com um bolo marrom colado na minha fôrma importada. Quando me dei conta do desastre tive vontade de: (a) arremessar na parede o bolo grudado na fôrma; (b) sentar e chorar, comendo o bolo com a mão no chão da cozinha; (c) jogar tudo fora e começar do zero outra vez. Respirei fundo, dei risada, e não fiz nada disso. Só não queria jogar fora pelo desperdício. Deixei o bolo lá na forma por algumas horas, até que decidi fazer uma sobremesa montada com ele mesmo: uma espécie de torta ou pavê, com o bolo, creme pasteleiro, e cacau em pó. 

Então, da próxima vez que seu bolo colar na fôrma, nem tudo está perdido. Faz um creme, monta numa tigela bacana e serve assim mesmo. Red velvet, não foi dessa vez. Ficamos com um pavê por enquanto.


Pavê de bolo de chocolate

  • 01 bolo de chocolate colado na fôrma
  • 400ml de leite
  • 01 colher de sopa de maisena
  • 02 ovos
  • 1/2 xícara de açúcar
  • 01 colher de sopa de extrato de baunilha

para molhar o bolo

  • 1/4 xícara de leite
  • 02 colheres de sopa de vinho do porto ou licor de laranja

Modo de Preparo

Esquente o leite até começar a subir um vapor. Bata os ovos com o açúcar até ficar um creme esbranquiçado. Junte a maisena e a baunilha. Adicione o leite quente e continue batendo até ficar homogêneo. Leve ao fogo médio, misturando sempre, até engrossar. Coloque um plástico filme por cima, para que ele não forme uma película. Deixe esfriar um pouco. 

Numa fôrma ou travessa, faça uma camada com o bolo e jogue a mistura de leite com vinho sobre ela. Jogue o creme por cima e leve à geladeira. Decore com frutas, caldas, ou cacau em pó. Sirva gelado.