Sorvete de Fava de Baunilha

Tanta coisa pode acontecer em poucos dias. Me sinto numa espiral de eventos, onde certezas se convertem em incertezas num piscar de olhos, onde a calmaria esconde um tsunami sob o horizonte, e a idéia de controle é tão absurda quanto querer segurar água nas mãos. Em momentos como estes, abandonar julgamentos é essencial para a sobrevivência, e caminhar com os olhos vendados à beira do penhasco pode ser a melhor coisa que se pode fazer.

Paralelamente, estou acompanhando o documentário Cosmos da NatGeo, disponível na Netflix, um exercício de se maravilhar com tamanha grandeza do nosso Universo (ou dos multiversos) - onde a escala comporta bilhões de anos (luz) - e, ao mesmo tempo, notar nossa insignificância existencial; somos átomos de poeira numa vastidão infinita. Difícil não se dar conta de tais fatos e não ser tomado por um sentimento niilista, com o ego nocauteado.

E, nesse baile no vazio do silêncio, os pés no chão só podem tocar através de um retorno aos básicos. Sentir a luz do sol bater no rosto. Uma luz que viajou 8 minutos até chegar ao nosso planeta. Sentir o perfume das ervas plantadas no jardim. Contemplar. Esse sorvete de baunilha é um básico, quase essencial. Feito com as sementes da fava, seu sabor te fará viajar num horizonte de eventos no espaço-tempo, num paradoxo da existência, totalmente no-mind.

Sorvete de Fava de Baunilha

01 litro

  • 500g de leite integral
  • 250g de creme de leite
  • 200g de açúcar
  • 01 fava de baunilha
  • 03 ovos caipira

Esquente o leite, creme de leite e as sementes da baunilha até levantar fervura e apague o fogo.

Faça um corte ao longo do comprimento e raspe com uma colher as sementes. Depois guarde a fava raspada dentro de um pote de açúcar, que ficará deliciosamente perfumado.

Bata os ovos com o açúcar por aproximadamente 05 minutos, até se tornar um creme claro e bem espesso. Junte o leite fervido e continue misturando bem para não talhar. Leve ao fogo baixo, mexendo sempre, por uns 8 minutos, até engrossar.

Deixe esfriar e coloque na máquina de fazer sorvetes, seguindo as instruções do fabricante. Guarde no congelador e espere pelo menos 02 horas antes de servir.

Não tem máquina de sorvete? Veja aqui!